16 de abr de 2013

Vereador Alexandre do Sindicato denuncia venda de fichas de atendimento na Casa da Cidadania


O vereador Alexandre do Sindicato (PTC) fez uma grave denúncia na tribuna da Câmara Municipal de Campina Grande na manhã desta terça-feira, 16. O parlamentar revelou ter recebido o relato de uma senhora que teria chegado à Casa da Cidadania por volta das 6h30 e, apesar do horário, foi informada que não havia mais fichas de atendimento. 

Em seguida, quando retirava-se, ela teria sido abordada por um mototaxista que a questionou se desejava comprar uma ficha. “A senhora ficou perplexa, mas o cidadão disse que tinha as fichas para vender”, afirmou o vereador Alexandre. “Isso é um absurdo. Isso é muito grave, gravíssimo. Faltam fichas para o cidadão comum, mas tem para vender na porta”, ponderou o parlamentar.

“O cidadão de bem, que acorda cedo, sai lá do outro lado da cidade, vai até algumas vezes a pé, porque não tem o dinheiro da passagem, chega lá, é barrado por um funcionário que distribui as senhas, fica sabendo que não tem mais senha, mas lá fora tem, para ser vendida. É lamentável isso que está acontecendo na Casa da Cidadania”, complementou o vereador.

Alexandre do Sindicato ainda criticou as condições estruturais da Casa da Cidadania. “Não tem os equipamentos que possam oferecer um tratamento digno àqueles que ali vão. E a maioria das pessoas que ali são atendidas é de gente do povo, que tem necessidade de utilizar aquele instrumento do Estado”, comentou.