10 de jun de 2013

Prefeito Romero sanciona projeto de Alexandre que homenageia o pastor Francisco Pacheco de Brito

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, sancionou Projeto de Lei de autoria do vereador Alexandre do Sindicato que denomina de Pastor Francisco Pacheco de Brito o viaduto em construção na Avenida Argemiro de Figueiredo, no bairro do Itararé. A Lei que dá o nome do pastor ao viaduto é a de número 5.283, de 27 de maio de 2013.

“O pastor Pacheco tornou-se uma figura muito conhecida e querida em Campina Grande. Líder de uma denominação com milhares de membros, teve uma vida marcante e merece essa homenagem, embora singela, da cidade”, comentou Alexandre do Sindicato, a respeito da sua propositura, que foi aprovada por unanimidade na Câmara Municipal.

Francisco Pacheco de Brito nasceu na cidade de São João do Cariri, em 16 de maio de 1916. Ainda jovem mudou-se para Campina Grande, onde trabalhou na construção civil. Foi consagrado diácono em 1943 e presbítero em 1949, tornando-se pastor pouco depois. No ano de 1986, tornou-se presidente da Assembleia de Deus em Campina Grande.

Casado com Albertina Barbosa de Lima, teve dez filhos. O pastor Francisco Pacheco de Brito faleceu no dia 16 de junho de 2011, aos 95 anos.