Alexandre do Sindicato reage a discurso de representante da Cagepa e vira alvo de assessores do Governo do Estado

O vereador Alexandre do Sindicato passou a ser atacado por assessores do Governo do Estado nesta terça-feira, 01, nas redes sociais, por ter reagido ao discurso vago e protelatório do presidente da Cagepa, Deusdete Queiroga Filho, a respeito do risco de colapso no abastecimento hídrico da cidade de Campina Grande e municípios vizinhos que dependem do Açude de Boqueirão.

Na tribuna da Câmara, Deusdete desqualificou a justa preocupação dos moradores do Compartimento da Borborema, voltou a afirmar que não há necessidade de racionamento e a assegurar que não há risco de colapso até 2015, um discurso que contraria não apenas a lógica como, também, as análises de vários especialistas, expostas, inclusive, recentemente na mesma tribuna do legislativo municipal.

Outra declaração do presidente da Cagepa que causou perplexidade foi a de que os inúmeros vazamentos registrados e denunciados diariamente pela população são “irrelevantes”. Alexandre do Sindicato condenou tal postura. “O senhor Deusdete não apresentou nada de novo, repetiu o mesmo discurso indiferente, a decisão de tratar como questão de somenos um tema que é vital para Campina Grande”, comentou o vereador.

Assessores do Governo do Estado escalados para cobrir a sessão passaram a atacar o parlamentar nas redes sociais. Alexandre minimiza o caso, mas lamenta o modus operandi da gestão estadual. “É lamentável que o governador Ricardo Coutinho use recursos que poderiam ser empregados na contratação de trabalhadores para funções vitais e, ao invés disso, acabam bancando um exército cuja função é denegrir quem ousar não se curvar ao governante”, afirmou.

Copyright © Vereador Alexandre do Sindicato. Desenvolvido por Holos Comunicação