Boqueirão pode não receber água da transposição


Os vereadores Alexandre do Sindicato (PHS), Marinaldo Cardoso (PRB) e Saulo Noronha (DEM) chegaram na madrugada desta sexta-feira (10) de viagem a Brasília com o prefeito Romero Rodrigues.
Em entrevista a uma emissora de rádio campinense, o vereador Alexandre do Sindicato não trouxe da capital brasileira boas notícias sobre a transposição do rio São Francisco.
Ele conta que foi informado pelo Ministério da Integração Nacional que há a possibilidade de as águas da transposição não desembocarem no Açude de Boqueirão no final deste ano.
– A situação hídrica de Campina Grande é preocupante. Recebemos uma informação muito preocupante. A água pode chegar a Monteiro, mas pode ser que não chegue ao rio Paraíba e não entre em Boqueirão por falta de algumas ações prometidas pelo governo do Estado. O Ministério da Integração Nacional prometeu dar o projeto pronto da barragem de Camalaú e o governo do Estado não se preocupou nesse sentido. Se não for feito um trabalho de urgência, ela não suportará a vazão da água que demorará em torno de 60 dias para encher – anunciou.
Alexandre ressaltou que é preciso correr contra o tempo e informou que solicitará ao presidente da Câmara Municipal de Campina Grande (CMCG), Pimentel Filho, uma audiência para discutir o problema.
Fonte: ParaibaOnline
Copyright © Vereador Alexandre do Sindicato. Desenvolvido por Holos Comunicação