Vereador comemora decisão para volta do racionamento de água em CG

 
Uma decisão do juiz Vinicius Costa Vidor, divulgada na tarde desta terça, 19, concedeu parecer favorável a uma ação civil publica promovida pelo Ministério Público Federal (MPF) que solicitava o retorno do racionamento de água do açude Epitácio Pessoa, “o Boqueirão”, que abastece Campina Grande e mais 18 cidades vizinhas.
 
          O MPF havia apresentado como argumentação que “a realidade dos fatos, infelizmente, é imperativa” e que “a prudência exige que sejam postergadas as medidas elencadas na Resolução nº 1292/2017, que tanto admitem o uso das águas do açude Epitácio Pessoa para fins de agricultura de subsistência, quanto conduzem ao fim do racionamento no Sistema Campina Grande operado pela Cagepa”.
 
            Na mesma decisão o juiz também suspendeu a retirada de água para uso agrícola, considerando com exclusivo o uso das águas para consumo humano de dessedentação de animais.
 
           O vereador Alexandre do Sindicato comemorou a decisão e espera que o governo do estado e órgãos envolvidos cumpram a decisão. “Essa nova decisão apenas confirma o que venho falando há muito tempo: o racionamento não pode parar. Ainda não existe segurança hídrica para essa atitude arbitrária e irresponsável por parte do governo do estado”.
 
            Desde o fim do racionamento no dia 26 de agosto, o açude de Boqueirão registrou o acumulo de pouco mais de 0,3% de água.

Assessoria
Copyright © Vereador Alexandre do Sindicato. Desenvolvido por Holos Comunicação