15 de jun de 2018

Alexandre comemora abertura do “Cantinho da Bênção” e lembra luta após perseguição

Alexandre do Sindicato reivindicou na tribuna da câmara municipal a permanência do evento no açude novo

Após enfrentar uma forte perseguição que ameaçou até retirar o evento do Açude Novo depois de mais de três décadas naquele espaço público, o Cantinho da Bênção inicia suas atividades nesta sexta-feira, 15, assegurando aos campinenses e visitantes um espaço de louvor, adoração, fé e bênçãos divinas em pleno período junino. O vereador Alexandre do Sindicato, que se empenhou firmemente na defesa do “Cantinho”, comemorou o desfecho.

“Cheguei a ter dificuldades de acreditar no que estava acontecendo quando fomos informados da ação no Ministério Público para retirar o Cantinho da Bênção do Açude Novo, sob a alegação de que perturbava o sossego de moradores de um condomínio que fica entre aquela área e o Parque do Povo, e que, no entanto, não se incomodam nem um pouco com o barulho promovido pelo São João”, lembrou Alexandre.
Alexandre e Pr Luciano Breno, coordenador do evento
AO vereador destacou que imediatamente deu as mãos aos organizadores do Cantinho da Bênção, posicionando-se de maneira incisiva na tribuna da Câmara Municipal, junto às autoridades e à mídia da cidade, condenando com firmeza o ataque, que denunciou se tratar de evidente perseguição religiosa. Durante as discussões, Alexandre chegou a afirmar que, se fosse o caso de retirar do Açude Novo o evento evangélico, a Justiça também teria que tirar o São João do Parque do Povo.

“Fui eleito com um propósito. Os irmãos ajudaram a me conduzir à Câmara Municipal para que possa representá-los, lutar por seus direitos enquanto cidadãos e, também, na defesa dos princípios que regem a nossa vida, o nosso credo, os nossos valores. Não me calei nem me escondi nessa causa, como jamais fiz e como nunca farei. Enquanto estiver nessa missão, serei sempre uma voz a se levantar pela bandeira do nosso povo”, disse Alexandre do Sindicato.

ASSESSORIA